You are visiting a website that is not intended for your region

The page or information you have requested is intended for an audience outside the United States. By continuing to browse you confirm that you are a non-US resident requesting access to this page or information.

Switch to the US site

Este site utiliza cookies

Ao continuar usando este site, você aceita o uso de cookies. Para obter mais informações sobre cookies e a maneira como os usamos, veja nossa Política de Privacidade.

O posicionamento adequado é melhor para o paciente

A Getinge trabalha com a colaboração de cuidadores para desenvolver soluções de posicionamento de pacientes que melhorem o acesso ergonômico ao local da cirurgia e reduzam o estresse postural dos pacientes.

O posicionamento adequado do paciente é um importante pré-requisito para um procedimento cirúrgico bem-sucedido. O posicionamento ideal não apenas garante o melhor acesso possível ao local da cirurgia, como também evita consequências de longo prazo por danos aos nervos ou por lesões por pressão. Ao evitar essas consequências secundárias, os pacientes têm uma recuperação mais rápida, uma reabilitação mais fácil e melhores resultados.

Redução de complicações graças ao posicionamento específico a cada procedimento

Cada uma das quatro posições gerais (supina, prona, lateral e sentada) apresenta suas próprias oportunidades e desafios.

Posição supina

O posicionamento em supino é comum para muitas disciplinas cirúrgicas. Deve-se dar atenção especial ao posicionamento das pernas, garantindo que os joelhos e as articulações não se distendam demais. A cabeça e a coluna cervical devem ficar relaxadas. Um posicionamento cuidadoso dos braços pode evitar danos aos nervos.

Posição prona

A posição prona costuma ser usada para cirurgia de coluna. O tórax precisa ser posicionado sobre uma almofada com uma grande abertura, para permitir que o abdômen e o peito acompanhem a respiração. Os joelhos devem ser acolchoados, e a parte inferior das pernas fica um pouco elevada. A cabeça deve ficar posicionada de forma que a coluna cervical fique em posição neutra. Travesseiros com recortes laterais permitem um fácil acesso para tubos de anestesia.

Posição lateral

O paciente precisa ser fixado para evitar movimento e manter-se seguro. Recomenda-se um bom acolchoamento para as pernas e calcanhares. O paciente pode ser posicionado sobre as articulações motorizadas do tampo da mesa para fornecer acesso ideal à área do tórax ou dos rins.

Posição sentada

As pernas e joelhos devem ficar relaxados, sem que se distendam demasiadamente. Depois de o paciente ser colocado na posição sentada, é necessário eliminar qualquer força de corte e atrito que possa ter surgido durante o processo de posicionamento.

Posicionamento do paciente com mesas cirúrgicas móveis

O posicionamento ideal do paciente é um dos
pré-requisitos mais importantes para uma cirurgia de sucesso. Nós
desenvolvemos este pequeno e prático guia para demonstrar em detalhes as
opções possíveis de posicionamento.

Faça o download do guia completo