You are visiting a website that is not intended for your region

The page or information you have requested is intended for an audience outside the United States. By continuing to browse you confirm that you are a non-US resident requesting access to this page or information.

Switch to the US site

Select Your Country or Region
Enviar
Optimizing Patient Positioning in the OR

Posicionamento de pacientes

Tópicos

Otimização do posicionamento do paciente na sala de cirurgia

Rapidamente, verifique as seis posições cirúrgicas e assista a cinco vídeos sobre exemplos de posicionamento de pacientes. Escolha aquela que corresponde à sua disciplina. 

O posicionamento ideal não apenas garante o melhor acesso possível ao local da cirurgia, como também evita consequências a longo prazo (lesão por pressão). Essas complicações secundárias podem retardar a reabilitação e a recuperação do paciente. Os pacientes apresentam melhores resultados quando os hospitais conseguem evitar consequências secundárias.

O posicionamento correto para cada cirurgia

Visão rápida do posicionamento geral

Cada posicionamento apresenta seus próprios benefícios e desafios.

Maquet otesus operating table supine position

Posição supina

O posicionamento em supino é comum para muitas disciplinas cirúrgicas. Deve-se dar atenção especial ao posicionamento das pernas, garantindo que os joelhos e as articulações não se distendam demais. A cabeça e a coluna cervical devem ficar relaxadas. Um posicionamento cuidadoso dos braços pode evitar danos aos nervos.

Maquet Otesus surgical table prone position

Posição prona

Utilizada durante a cirurgia na coluna, o tórax deve ser colocado sobre coxins com uma grande abertura, o que permite que o estômago, tórax sigam a respiração, reduzindo a pressão intra-abdominal. É importante garantir que os vasos sanguíneos da virilha não sejam comprimidos. Os joelhos devem ser flexionados ligeiramente e devem estar bem acomodados. A cabeça deve ficar posicionada de forma que a coluna cervical fique em posição neutra. Travesseiros com recortes laterais permitem um fácil acesso para tubos de anestesia.

Maquet Otesus OR table lateral position

Posição lateral

No posicionamento lateral, o paciente precisa ser fixado para evitar o deslocamento. Recomenda-se um bom acolchoamento para as pernas e calcanhares para aliviar o estresse. O paciente pode ser posicionado sobre as articulações motorizadas do tampo da mesa para fornecer acesso ideal à área do tórax ou dos rins. A prática recomendada é usar um coxim que tenha espaço para a orelha.

Maquet Otesus operating table Dorsosacral position Lithotomy position for best patient positioning

Posição dorso sacral/Posição litotômica

O posicionamento ideal para cirurgias ginecológicas e urológicas requer que a pélvis fique o mais livre, fornecer a maior superfície possível de suporte da panturrilha no apoio de joelho. A fossa poplítea e os calcanhares devem ser posicionados livremente. O pé e o joelho devem ser posicionados alinhados ao ombro oposto.

Maquet Otesus surgical table genucubital position and knee elbow position

Posição genucubital/Posição sobre cotovelos e joelhos

Para cirurgias ginecológicas ou proctológicas, os pacientes são anestesiados na posição supina. O auxílio de coxins no posicionamento desempenham um papel importante nessa posição. O tórax deve ser colocado sobre coxins com uma grande abertura para reduzir a pressão intra-abdominal e auxiliar a respiração. Proteja a patela com um coxim em gel e use um coxim adicional no quadril.

Maquet Otesus surgical table beach chair position

Posição de cadeira de praia

As pernas e joelhos devem ficar relaxados, sem que se distendam demasiadamente. Suba o dorso e a perneira gradativamente, alternando entre ambas para reduzir as forças de cisalhamento e atrito no colchão. Depois de o paciente ter sido colocado na posição sentada, avalie novamente a posição para eliminar quaisquer pressão que possam ter surgido durante o processo de posicionamento.

Exemplos de posicionamento de pacientes de acordo com a disciplina

Maximize o acesso e minimize o risco em cirurgias gerais

As equipes cirúrgicas devem sempre escolher uma posição que maximize o acesso ao local cirúrgico e minimize o risco de complicações. O guia de posicionamento apresenta exemplos ilustrativos das posições que foram consideradas as mais adequadas e eficazes.

Posicionamento eficaz para cirurgia ginecológica e urológica

A posição adequada da mesa cirúrgica e dos acessórios complementares melhoram o acesso a posições urológicas e ginecológicas. Faça o download do nosso guia de posicionamento eficaz que otimiza o acesso e minimiza o esforço do paciente ao mesmo tempo.

Posicionamento seguro do paciente para cirurgia oftalmológica, otorrinolaringológica, oral e facial

Otimize o acesso à cabeça do paciente e, ao mesmo tempo, minimize o risco de complicações. Nosso guia de posicionamento de pacientes apresenta exemplos ilustrativos das posições mais adequadas para cirurgias oftalmológica, otorrinolaringológica, oral e facial.

 

Posicionamento estável para neurocirurgia

A neurocirurgia requer posicionamento preciso para o acesso irrestrito. O guia de posicionamento  ilustra as posições mais adequadas e estáveis para a neurocirurgia.

Acesso claro ao local para cirurgia ortopédica e traumatológica

As cirurgias ortopédicas e de traumas precisam de uma visão ampla e sem obstruções do local da cirurgia. Nosso guia de posicionamento do paciente fornece exemplos ilustrativos das práticas recomendadas para o posicionamento ortopédico do paciente.

O posicionamento correto para cada cirurgia

Independentemente da disciplina cirúrgica, o posicionamento correto do paciente melhora o acesso ao local e reduz as complicações do paciente. Explore em nosso guia mais de 130 páginas de práticas recomendadas de posicionamento de pacientes.

Download the full guide

Artigos relacionados

  • Salas Cirúrgicas

A iluminação mais brilhante não é necessariamente melhor

A maioria das pessoas apresentou sintomas de fadiga visual: dor nos olhos, coceira ou secura. Às vezes, nosso corpo compensa produzindo lágrimas em excesso, causando deficiência visual.

Ler mais

  • Salas Cirúrgicas

Interação coração e pulmões

O colapso pulmonar induzido por anestesia é uma causa bem conhecida, que pode ser evitada por uma boa estratégia ventilatória.

Ler mais

  • Salas Cirúrgicas

Fundamentos da iluminação cirúrgica

A iluminação cirúrgica correta é essencial para a segurança do paciente e o conforto da equipe. Ela deve ser projetada para permitir que a equipe médica se concentre exclusivamente no procedimento cirúrgico.

Ler mais

  • Salas Cirúrgicas

Roteiro para sala cirúrgica Híbrida

Otimização do processo de planejamento para projetar e colocar em operação a sala de cirurgia Híbrida unidisciplinar ou multidisciplinar.

Ler mais

  • Salas Cirúrgicas

LMD - O futuro dos focos cirúrgicos

Desvie seu foco da luminosidade para o procedimento. Mantenha a acuidade visual ideal e evite dificuldades na adaptação a variações excessivas na luminosidade.

Ler mais

  • Salas Cirúrgicas

Hipotensão - um risco desconhecido

Os estudos mostram: a hipotensão intraoperatória é um fato. Mesmo os episódios curtos de hipotensão estão associados a complicações graves.

Ler mais